Orgulhosamente sós de novo?


O Programa para o Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas, conforme se pode ler no seu sítio na Internet, constitui parcerias com pessoas de todos os níveis da sociedade para ajudar a construir nações que possam suportar crises e impulsionar e sustentar o tipo de crescimento que melhora a qualidade de vida das populações. Presente em 177 países e territórios, oferece uma perspetiva global e conhecimentos locais para ajudar a melhorar as condições de vida e construir nações fortes.

Esse programa vai estabelecer em Portugal, durante dois anos, um observatório económico e social, para melhor monitorizar a crise que estamos a viver.

O chefe desse observatório, o economista Artur Batista da Silva, deu há dias ao semanário Expresso uma entrevista, durante a qual falou das conclusões a que chegou a sua equipa de 7 economistas depois de um primeiro estudo da situação no nosso país.

Lendo a entrevista, ficamos a saber que aquela equipa concluiu que se não renegociarmos já com a troika as condições do resgate financeiro a Portugal corremos o risco de, daqui a cerca de meio ano, entrarmos numa espiral descontrolada de convulsões sociais, além de provavelmente chegarmos ao fim de 2013 numa situação idêntica à que a Grécia atualmente vive.

Sabendo-se que o referido economista e professor universitário é um esquerdista convicto, podemos ficar com algumas dúvidas acerca da objetividade das suas conclusões (partindo do princípio de que os restantes membros da equipa são maioritariamente da mesma linha política, o que não é certo). Apesar disso, a minha intuição diz-me que aquela perspetiva não estará muito errada.

Por um lado, continuo a não perceber como é que a nossa economia vai crescer pondo na miséria a maior parte da nossa população.

Por outro, tendo convivido nos últimos anos com muitas centenas de desempregados, apercebi-me do desespero com que a maior parte deles vive a sua atual situação, mesmo numa altura em que recebiam o subsídio de desemprego, o qual deve, em muitos casos, estar a acabar…

Notei também que se alguns têm tendência a imputar a si próprios a responsabilidade pela sua situação e a entrar em estados depressivos de maior ou menor gravidade, outros estão completamente revoltados e prontos a transformar essa revolta em atos de violência. Creio que aquilo a que assistimos em frente ao parlamento há algumas semanas atrás foi, infelizmente, um vislumbre do que poderemos ter, com muito mais intensidade, no futuro.

Além disso, por muito que me tentem convencer do contrário, não concordo que quem tem uma grande dívida, como é o caso do nosso país, não pode renegociá-la. Sei pela minha experiência profissional que o devedor tem, não raras vezes, mais poder negocial que o próprio credor e que a negociação é sempre possível, mesmo nas circunstâncias mais desesperadas.

Lembro, a propósito, uma expressão de um dos meus professores de Coimbra que teria total pertinência neste caso: “burro, não é quem requere, burro é quem indefere”.

Espero, por isso, que o nosso Governo esteja, discretamente, como convém, a renegociar de facto a nossa dívida e que só isso seja justificação para ter recusado, segundo o professor atrás referido, a oferta feita pela ONU para servir de intermediária numa eventual renegociação.

Se assim não for, fico com o sentimento de que voltamos a abraçar, da pior maneira possível, uma velha máxima salazarista, mas agora com um aditamento: orgulhosamente sós… com a troika”.

Veja, por favor, sobre Artur Batista da Silva, o meu texto: “Artur Batista da Silva, Mais um Aldrabão?” ( https://nomeiodocaos.wordpress.com/2012/12/24/artur-batista-…is-um-aldrabao/)‎

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Loja Lusa

Blog dedicado ao melhor de Portugal e dos produtos portugueses.

O Que Dizes Tu?!

Os olhos dizem o que as mãos pensam

The Fujifilm Blog

We love pictures, like you!

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

Desvio Colossal

Macroeconomia, Finanças Públicas & Economia portuguesa

Ilimitado

"Nunca se alcança objetivos com lágrimas"

No Reino da Dinamarca

Something is rotten in the State of Denmarke

Aventar

Expor ao vento. Arejar. Segurar pelas ventas. Farejar, pressentir, suspeitar. Chegar.

VAI E VEM

Não renunciarás à tua liberdade de expressão e de opinião

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: