As recentes eleições autárquicas e os independentes


As eleições autárquicas deste fim-de-semana foram pródigas em surpresas, sendo que a maior foi o sucesso de um independente na corrida a Presidente da Câmara Municipal do Porto.
Parece que, finalmente, os portugueses começam a deixar de olhar para a política como olham para o futebol e estão agora a votar não apenas em função do partido a que pertencem os candidatos, mas também das qualidades dos mesmos.
Embora se possam tecer muitos comentários a este respeito, partilho a opinião daqueles que dizem que os eleitores estão fartos da maior parte dos políticos que temos e dos compadrios que à sua volta se estabelecem.
Talvez eu seja um sonhador, mas ainda acredito que a maior parte dos portugueses são pessoas de bem, que mais tarde ou mais cedo os maus políticos vão ser rejeitados e que valores como a Honestidade, a Humildade, a Justiça, o Respeito e a Verdade vão ser de novo apreciados e considerados fundamentais para podermos viver uma genuína democracia.
Hoje, ajudo a divulgar neste blog um comentário do jornalista Luciano Alvarez que me parece “pôr o dedo na ferida”. Aqui fica o link para o mesmo:

Basta! – Luciano Alvarez – In Público

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Loja Lusa

Blog dedicado ao melhor de Portugal e dos produtos portugueses.

O Que Dizes Tu?!

Os olhos dizem o que as mãos pensam

The Fujifilm Blog

We love pictures, like you!

O Informador

Jornalismo, média, actualidade nacional e internacional

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

Desvio Colossal

Macroeconomia, Finanças Públicas & Economia portuguesa

Ilimitado

"Nunca se alcança objetivos com lágrimas"

No Reino da Dinamarca

Something is rotten in the State of Denmarke

Aventar

Expor ao vento. Arejar. Segurar pelas ventas. Farejar, pressentir, suspeitar. Chegar.

VAI E VEM

Não renunciarás à tua liberdade de expressão e de opinião

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: